sexta-feira, 13 de abril de 2012

"O menino arteiro" - A leitura




Hoje lemos juntos a história de Gil Veloso, "O menino arteiro".
Como foi combinado, estou aguardando os comentários de vocês neste post.
Aproveitem para ler os comentários dos colegas também, se quiserem, podem até fazer um diálogo entre as impressões de leitura de vocês.
Até mais e...
cheque mate!













37 comentários:

  1. Nessa história, aprendi a ver as coisas de outra forma, como por exemplo descobrir oque os objetos estavam demonstrando. Achei interessante também as brincadeiras no meio do texto que fala sobre o nome dele e também o seu sobrenome.
    Joao Paulo Facin.

    ResponderExcluir
  2. A história de Guto Lacaz escrita por Gil Veloso,é narrada de um modo diferente de muitas outras histórias.O mesmo apresenta um enredo divertido da infância de seu amigo, ou seja, ainda brinca com as palavras.
    A maioria de suas palavras estão associadas com várias outras coisas ou até mesmo,elas se encontram "encaixadas" em outras. Esse "apuro" de palavras feitas pelo autor, as imagens colocadas e relacionadas com as artes de seu personagem,a capa,retratam de uma maneira diferente e melhor,um incentivo no leitor em saber e querer descobrir qual é a forma do autor expressar e contar a biografia de seu amigo arteiro.
    Luana dos s.r. 1ºA

    ResponderExcluir
  3. eu gostei muito da livro ,por causa jeito com que o autor brinca com as palavras fazendo ao mesmo tempo elas terem sentidos ao meio da historia.E também das obras de Guto Lacaz.
    Daniel Munhoz 1°C

    ResponderExcluir
  4. Adorei o livro, ele traz uma biografia "diferente" do que estamos acostumados.
    O autor da um novo "significado" as palavras tornando-as,mais "gostosas" de serem lidas.
    As obras feitas por Guto Lacaz,dão "sentidos" aos nomes as tornando bem engraçadas.
    Giseli Souza 1ºA

    ResponderExcluir
  5. Felipe Baratela Alves15 de abril de 2012 23:49

    Um livro muito diferente, ou melhor , uma biografia muito diferente. O jeito com q o autor brinca com as palavras, de uma palavra ele fez varios sentidos , as invenções dispensaram comentários, muito legal mesmo.

    ResponderExcluir
  6. Caríssimos jovens,
    adorei os cometários. Estímulos para os que acreditam no "prazer da leitura".
    Continuem...

    ResponderExcluir
  7. a história do menino arteiro, trás um modo diferente de ver as palavras, como ele brinca com algumas poemos perceber que elas tem dois lados! Guto Lacaz é um menino muito curioso e criativo :)

    Paloma, 1ºA

    ResponderExcluir
  8. Excelente esse livro,o jeito com que o autor escreveu brincando com as palavras,dando duplos sentidos a elas,prende agente na leitura,querendo ler mais e mais,as imagens também é um grande atrativo do livro,Muito bacana a forma que foi escrita essa biografia.

    Kennedy Vieira 1º C

    ResponderExcluir
  9. Este livro apresenta um modo inusitado de lidar com as palavras: brincando, o que torna a leitura mais agradável. Além disso, as imagens nele contidas despertam a criatividade através do recurso curioso que o autor as coloca, ou seja, fora de seu contexto normal, de uma forma que não se esperava vê-las.

    Gabriel Filenga Manzutti, 1º B.

    ResponderExcluir
  10. O menino arteiro é um livro muito interessante, pois mostra um lado diferente de se usar as palavras, pois brinca com elas e torna mais gostoso de se ler.
    Mariah, 1ºB

    ResponderExcluir
  11. Gostei do livro "O menino arteiro" por ser bem diferente e interessante, o autor brincou com as palavras de uma forma criativa e engraçada. E também, as imagens completaram a história, por causarem mais curiosidade no leitor.

    Karina Rodrigues - 1°C

    ResponderExcluir
  12. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  13. Gostei do livro o menino arteiro, pois o autor brinca com as palavras e conta de uma forma inusitada que prende a pessoa de um estilo divertido com suas invençoes e torna mais gostoso de se ler.

    andrews 1c

    ResponderExcluir
  14. Achei muito legal o modo que o autor se refere a história do menino arteiro, interagindo as palavras de um jeito cômico. Que faz o público se interessar mais na história, não a tornando cansativa de se ler.
    Beatriz Souza 1A

    ResponderExcluir
  15. O livro é ótimo, e o bom dele é o jeito com que o autor nos informa sobre o menino arteiro, com muita criatividade nas paginas, e que também tem muito a ver com as pessoas, é um ótimo livro que não tem como ficar sem prestar atenção, um livro que brinca, com as palavras e com o menino e o com os trabalhos do menino.
    Gabriel Scarre Budin 1°C

    ResponderExcluir
  16. Olá..
    o livro é muito interessante,pois o autor ele brinca com as palavras que são escritas ali..esse livro não se torna cansativo para ser lido!As imagens que ali são feitas pelo Guto Lacaz são muito interessantes,pois EU nunca pensaria que pudessemos "brincar" com sua imagens,com sua criatividade!Adorei o livro e o projeto também!!!
    Érica Inácio 1A

    ResponderExcluir
  17. O LIVRO É EXELENTE POR QUE O AUTOR BRINCA COM AS PALAVRAS E ISSO TORNA O LIVRO MJITO INTERESSANTE PARA O LEITOR. GOSTEI MUITO DO LIVRO "O MENINO ARTEIRO" É UMA LIVRO BEM LEGAL.

    Elvis Gabriel Candido 1°C

    ResponderExcluir
  18. Fiquei deslumbrada. Vocês todos utilizaram palavras que remetem ao essencial do livro (e da leitura): diferente, divertido, inusitado, interessante, engraçado, cômico. Brincadeiras. Curiosidade, criatividade. Leitura gostosa e agradável.
    Simples assim. Literatura juvenil.
    Silvia

    ResponderExcluir
  19. adorei o livro...achei mt legal e diferente, pois o autor Gil Veloso brinca com as palavras o que se torna mt diverdido :)
    Ele conta a historia de um menino "arteiro" ,q só lendo da pra saber o isso significa. Mostra tb oq o menino criava...mt legal :)

    Adriéli 1°B

    ResponderExcluir
  20. Adorei o livro,principalmente as brincadeiras com as palavras e amei no final do livro, onde fala das gotas de sangue que viram peixinhos e as lagrimas se transformam em um rio,onde os peixes nadam.
    Bianca 1ºC

    ResponderExcluir
  21. Com essa historia conseguimos ver materiais tao insignificantes que com a leitura vao ganhando formas. As bricandeiras como o autor faz com os nomes e com outras palvras é simplesmente facinante. e bem humorado.. e bem simples de ser entendido e compreendido com duplos sentidos, muitas vezes.

    Andréia Lamônica 1ºA

    ResponderExcluir
  22. O que chamou minha atenção neste livro foi a maneira que as palavras são dispostas,formando trocadilhos e frases ambíguas.
    Também achei interessante os títulos das obras de Guto Lacaz,que levam o leitor a refletir em que o significado do nome influência o ofício.
    Letícia 1ºC

    ResponderExcluir
  23. Achei muito interessante, pois faz voce voltar ao tempo que voce era criança, voce consegue reviver tudo o que voce já passou.

    Voce se imagina dentro do livro, com tantas invenções mirbolantes.

    Renato 1°B

    ResponderExcluir
  24. Agradeço a professora Meire e seus alunos arteiros itinerantes...
    Obrigado pelos comentários sabidos de cada um dos nomes, anônimos, OMOnimos...
    Fiquei OMOcionado! cOMOvidro!
    Não, não como vidro, cOMOvido!

    Abração
    gil.veloso@hotmail.com

    ResponderExcluir
  25. Oi turma,

    Vcs são privilegiados... é isto o que acho. Uma super oportunidade a de conhecer o livro de Gil Veloso sobre Guto Lacaz. Texto e imagem casam-se perfeitamente!! Mágico momento!

    Continuem lendo e abrindo horizontes.

    Um abraço,

    André Cordeiro

    ResponderExcluir
  26. Um livro muito bom, pois o autor tem uma forma muita criativa de brincar com as palavras, fazendo o leitor ler com mais facilidade e vontade.
    Yasmim - 1°B

    ResponderExcluir
  27. o livro é muito interessante O AUTOR BRINCA COM AS PALAVRASe sem deixar de contar a história do menino arteiro, interagindo as palavras de um jeito cômico.gostei tambem das obras de Guto Lacaz.

    Josè gabriel f neto
    1 b
    n:22

    ResponderExcluir
  28. O livro "Menino arteiro" é muito interessante pois o autor brinca com as palavras isso torna o livro gostoso de se ler

    Cibele 1B

    ResponderExcluir
  29. Eugenio Angelo Trento Filho23 de abril de 2012 21:42

    o que eu mais achei de interessante foram as criações que ele fazia quando era criança, e o texto também é bem criativo

    ResponderExcluir
  30. eu me indentificei com a parte que ele desmontava as coisas e ele gosta de inventar as coisas

    ResponderExcluir
  31. Meire amei o livro por que ele lembro das coisas que meus avos me contavam.
    Luan 1B

    ResponderExcluir
  32. Pelo titulo espera uma coisa totalmente diferente do que é...Gostei muito do livro, e também do jeito que ele e escrito. A historia é muito legal por se tratar de um menino inventor, que cria uma coisa a cada situação.
    Evelin 1A

    ResponderExcluir
  33. Gostei do modo como ele brinca com as paçavras e as imagens.E isso acaba fazendo com que a leituta não fique entediante.Adorei o livro.
    BRENDA 1A

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gostei do modo como ele brinca com as palavras e as imagens.E isso acaba fazendo com que a leitura não fique entediante.Adorei o livro.
      BRENDA 1A

      Excluir
  34. Ainda não li o livro pois estou na Nova Zelândia. Mas como sei que um livro escrito pelo Gil Veloso e ilustrado por Guto Lacaz, só pode ser ótimo! Depois de ler a opinião dos leitores, comprei o livro online que deve estar chegando. Parabéns aos autores e à Editora que publicou O MENINO ARTEIRO

    ResponderExcluir
  35. Que alegria saber que o OMO vai pra Nova Zelândia!
    Cláudia Pacce, excelente escritora, também vai ler o Arteiro, graças a vocês aqui do Da Hora.
    gil

    ResponderExcluir
  36. Bom saber que o OMO, graças ao ...Da Hora, vai pra Nova Zelândia para a também escritora Cláudia Pacce, salve! salve!

    gil

    ResponderExcluir

Análise do livro "Til", José de Alencar